Connect Five

Empresa de rastreamento investe na gestão da IoT e dribla à crise

Os dispositivos IoT (Internet das Coisas – Internet of Things) estão cada vez mais presentes no mundo empresarial. A compra de equipamentos, softwares e serviços vão render um gasto bilionário este ano. O cálculo chegou a U$$ 737 bilhões (R$ 2,3 trilhões). Segundo a IDC, empresa de pesquisa, as despesas vão crescer a um ritmo médio de 15,6% entre 2015 e 2020, chegando a US$ 1,29 trilhão no fim desse período.

Os segmentos que mais devem aplicar dinheiro em IoT são manufatura, transportes e utilities. Os gastos com hardware serão os maiores no período da projeção, seguidos por serviços, softwares e conectividade. Porém, ainda há muitas dúvidas.

Existem muitas empresas tentando construir soluções para Internet das Coisas (IoT), mas os sistemas envolvidos em algumas situações são complexos.

“Cabe aos fornecedores cooperar e antes de qualquer implementação, mostrar às empresas que a IoT realmente funciona”, enfatiza o Managing Director, da KORE TM Data (provedora mundial de serviços gerenciados de rede de comunicações máquina a máquina sem fio, que chegou ao Brasil em 2016), Sérgio Souza.

Ainda de acordo com o Managing Diretor da Kore TM Data, uma das barreiras que o ‘mundo’ da IoT enfrenta é ganhar a ampla confiança do mercado de que há soluções eficazes e que as vantagens podem ser sentidas rapidamente. A Kore TM Data, por exemplo, lançou no último Futerecom, o Porthos Lat, uma plataforma (SaaS) para gerenciamento de linhas e dispositivos na América Latina.

A SAAT Monitoramento, empresa de rastreamento, (frotas municipais ambulâncias, ônibus escolares, carros oficiais e preservação do patrimônio público, impedindo desperdícios e garantindo maior transparência das contas públicas), já sentiu os reflexos em optar por soluções de IoT na gestão dos seus serviços, como o Porthos Lat.

“Já estamos no mercado há 4 anos, no início realizávamos apenas o monitoramento de veículos do setor público, hoje expandimos nossa operação e atendemos tanto a área pública quanto a privada. A SATT faz parte de um grupo de três empresas, desde o início optamos pela gestão da operação por meio da IoT, reduzimos custos e otimização a operação, que atualmente é totalmente gerenciável e assertiva”, afirma o diretor executivo da SATT Monitoramento, Hélio Ferraz.

A solução que utilizam, o Porthos Lat oferece controle total das linhas conectadas (engloba todas as operadoras atuantes no Brasil), garante redução de custos e um fluxo de caixa saudável. Já que é capaz de controlar o consumo das conexões, evitando gastos excedentes e faturas surpresas exorbitantes, algo bem frequente no ‘cenário brasileiro’ da IoT.

“Como todas as empresas estamos em momento reter investimentos, para contratação, muitos fatores foram decisivos. Procuramos custo acessível, qualidade de equipe técnica e uma solução com possibilidade de gestão estratégica e claro, atendimento personalizado. Hoje por meio deste portal que a empresa nos disponibiliza, conseguimos ter respostas imediatas e evitar incidentes, tais como paradas repentinas. Nossa Gestão de Contingência é otimizada e eficaz. Se temos respostas rápidas, conseguimos repassar esta eficiência aos nossos clientes e expandir mercado”, acrescenta Ferraz.

Hoje a SATT Monitoramento tem cerca de 400 chips com a KORE TM Data. De acordo com diretor executivo da empresa a meta aumentar este número em aproximadamente 30% a 35% no primeiro semestre de 2017. Já que mesmo em meio à crise a empresa está conquistando seu espaço.

Sobre a KORE
A KORE tem as pessoas, o conhecimento e a tecnologia que dão sustentação às muitas visões da IoT, desde a inspiração das coisas, passando pela inovação das coisas, até a internet das coisas. Fundada em 2003, a KORE cresceu rapidamente, para se tornar a maior prestadora de serviços gerenciados de rede, especializada na internet das coisas (Internet of Things, IoT) e em comunicação máquina a máquina (Machine to Machine, M2M). Atualmente, a KORE é líder global em serviços de software e plataformas que impulsionam a IoT, com milhões de unidades ativas em rede. KORE é a marca por trás de outras marcas líderes, incluindo alguns dos maiores clientes corporativos mundiais. Seu foco único no cliente objetiva identificar e desenvolver soluções que ajudem os clientes a fazer inovações na IoT e a acelerar a programação de lançamentos no mercado. A KORE tem mais de 350 funcionários em 110 países, impulsionando novos modelos de negócios e oportunidades para monetizar a IoT.

 

Fonte: https://exame.abril.com.br/negocios/dino_old/empresa-de-rastreamento-investe-na-gestao-da-iot-e-dribla-a-crise-shtml/

Website: http://www.korewireless.com.br/

 

Empresária ramo de tecnologia de IoT e produtos de rastreamento de ativos.